Notícias

Anterior Seguinte
Informações | 30 11 2015
O GLOBO - Um hatch para lá de afiado

 

Para ser considerado o "rei dos animais", o leão tem qualidades únicas. Forte, veloz, destemido e claro, muito bonito. A Peugeot, que tem o felino como marca, imprimiu essas mesmas características no jovem 308. E na selva das ruas e estradas, o hatch reina soberano.

 

PEUGEOT 308 Versões Allure 1.6 Flexstart Manual e 2.0 Automático com seis velocidades e Griffe, com motor 6 marchas THP de 173 cv.

 

A força vem dos modernos motores, o 1.6 flex de 122 cv, o 2.0 com 151 cv e ainda o fabuloso THP turbinado. Este, com um câmbio bem ajustado e marchas mais longas, oferece a função "Eco", que muda o mapa de injeção e reduz o consumo de combustível. Tanto fôlego se transforma em velocidade quando é preciso, garantindo a agilidade necessária no trânsito da cidade e ultrapassagens tranquilas nas rodovias. Ar digital de duas zonas, seis airbags, direção eletrohidráulica, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rodas de liga leve de 17", computador de bordo, central multimída, volante com ajustes de altura e profundidade e outros recursos fazem parte do carro. E nem estamos falando do topo de linha Griffe, mas sim da versão de entrada Allure. Um pacote desses realmente conquista muitos súditos.

 

O destemor do piloto também se dá pelo ajuste do hatch. A suspensão calibrada no limite entre conforto e segurança dá a sensação de ter o carro na mão todo o tempo. Mesmo sem querer abusar, é bom saber que a direção acertada, o controle eletrônico de estabilidade (na versão Griffe) e os freios ABS estão o tempo todo ao dispor.

 

Não claro que nem só de rugido vive o rei. Beleza também é importante e o 308 vai muito bem nesse quesito. É um dos hatchs com design mais elegante, com o conjunto de faróis com máscara negra e luzes diurnas de LEDs que conferem modernidade. Não apresenta aquela juba real, mas em compensação oferece um majestoso teto solar panorâmico que é item de série em todas as versões. Dali, a vista do reino é linda.

 

Fonte: O Globo | Brasil | Data: 28.11.2015