• Notícias
  • >
  • > PEUGEOT na Semana de Design de Milão: estreia do sofá ONYX, primeira peça de uma coleção de móveis personalizados

Notícias

Anterior Seguinte
Informações | 19 03 2014
PEUGEOT na Semana de Design de Milão: estreia do sofá ONYX, primeira peça de uma coleção de móveis personalizados

1903onyxgd

 

O Peugeot Design Lab escolheu uma área especial na “meca mundial do design” para apresentar sua mais nova criação, durante a Semana de Design de Milão: o sofá ONYX, um móvel que se traduz em uma verdadeira escultura.

 

Criado em 2012, o estúdio de design global da PEUGEOT tem por objetivo conceber produtos, serviços e experiências para clientes externos, em todos os setores de atividades, fora do ramo automotivo.

 

Espaço único de exposição em Tortona

 

“32 Via Tortona” foi o endereço eleito pelo PEUGEOT DESIGN LAB para fixar residência durante a Semana de Design de Milão 2014 (Milan Design Week), entre os dias 8 e 13/04, onde contará com uma área de exposição bastante original de 750m2, disposta em três cômodos. O local, histórico e situado em uma antiga área industrial do município de Tortona, preserva em seu interior o caráter industrial das instalações, oferecendo um contraste de objetos, som e luz.

 

No centro da exposição, o sofá ONYX: uma legítima expressão da pureza de formas e materiais

 

Em 2012, a Peugeot apresentou o trio ONYX, constituído por uma superbike, uma superscooter e um supercarro, cuja carroceria inovadora é feita em fibra de carbono e cobre, enquanto a cabine combina feltro prensado e newspaper wood (obtido a partir de jornais velhos, empilhados e prensados para criar as ‘tábuas’ utilizadas para confecção de peças), e, para completar, recebe um motor híbrido de 600 CV.

 

O concept car, que associa as mais recentes tecnologias a matérias-primas naturais, encontra agora seu representante estático: partindo do mesmo conceito, o sofá ONYX é dotado de um longo assento (três metros), que mescla fibra de carbono e Volvic, uma pedra de lava vulcânica. A peça, que será mostrada em avant-première durante o evento, representa o conceito de mobiliário sonhado – e concretizado – pelo PEUGEOT DESIGN LAB.

 

“A PEUGEOT é uma das poucas marcas no mundo capaz de resgatar 200 anos de criatividade industrial. Desde o início de sua história tem projetado e fabricado milhares de objetos, seja para uso doméstico e diário, como utensílios de cozinha e ferramentas, ou para proporcionar condições de mobilidade, por meio de bicicletas, motos e carros. Esse know-how industrial multifacetado evidencia a habilidade da Marca em inovar.”, afirma Gilles Vidal, Diretor de Estilo da PEUGEOT.

 

“Em Milão, com o sofá ONYX, estamos desenhando uma linha de conexão com o concept car, já que essa novidade também representa uma aliança de eficiência e do uso de materiais naturais audaciosos. O contraste entre materiais é poderoso: a fibra de carbono, de alta tecnologia, possui uma textura muito bem estruturada e técnica, que se ajusta de maneira precisa às linhas falhas da pedra vulcânica, perfeitamente acertadas em suas dimensões e proporções, respeitando a textura natural dessa matéria-prima.”, completa o executivo.

 

E é justamente essa possibilidade de harmonização que o sofá ONYX vem demonstrar, sem antagonismo entre progresso e natureza, entre materiais ultra tecnológicos e matéria-prima natural.

“Esse projeto teve início em maio de 2013 e, desde então, trabalhamos num esboço muito cru e ao mesmo tempo muito forte. O sofá ONYX é a ilustração de um novo conceito que pretendemos explorar: peças únicas de mobiliário, feitas sob medida, de acordo com as preferências, origem e personalidade do cliente, sempre respeitando a ideia de que é possível aliar alta tecnologia e elementos naturais como, por exemplo, pedra e madeira.”, conta Cathal Loughnane, Chefe do PEUGEOT DESIGN LAB.

 

Sete esculturas, com medidas entre 10 e 70 cm, acompanharão o sofá ONYX na exposição. São itens como lâmpadas, estantes, poltronas e mesas, com desenhos que exploram outras combinações de materiais, como rocha obsidiana e concreto, pedra jasper vermelho e aço, cristal de quartzo e alumínio, madeira esculpida e impressão 3D, carvalho e Corian – superfície sólida que oferece possibilidades superiores em design.

 

O preço do sofá ONYX foi definido em 135.000 euros, especificamente nesta versão – produzida em fibra de carbono e Volvic, totalizando 70 dias de trabalho. Os preços de outras criações será definido de acordo com o tipo de material escolhido pelo cliente.

 

Piano produzido pelo PEUGEOT DESIGN LAB para a PLEYEL faz exibição em Milão

 

O revolucionário piano, primeira criação do PEUGEOT DESIGN LAB, será apresentado ao público italiano pela primeira vez durante a Semana de Design de Milão. Uma experiência única – com a presença de três pianistas e um show de luzes dinâmico, que acompanhará o som emitido pelo piano – será dedicada ao objeto que desafiou os códigos do universo musical em sua apresentação durante o Salão do Automóvel de Paris, em 2012. Fruto de um intenso trabalho e da exemplar colaboração de duas Marcas bicentenárias, a PEUGEOT e a PLEYEL, o piano revoluciona pelo estilo e pelos materiais utilizados: corpo e placa de som em madeira, tampa e base em fibra de carbono.

 

A elaboração desse piano futurista exigiu meses de pesquisas, estudos e testes realizados conjuntamente pelos designers, engenheiros e especialistas em acústica de ambas as empresas. O principal objetivo foi preservar a alta qualidade de som da PLEYEL – sutil, potente nos graves e cintilante nos agudos, harmonizado no timbre.

 

Também foi preciso conservar seu incomparável toucher. O fato de modificar a mecânica e o design do piano devia não apenas garantir a preservação da qualidade da PLEYEL, mas também proporcionar um avanço notável. Inovador em termos de ergonomia, esse piano de meia-cauda também inovou em matéria de sonoridade, estreando características únicas.

 

Espaço Anthology

 

O Espaço Anthology remete aos domínios da Marca ao longo de dois séculos de desenho industrial e criação.

 

Moinhos: estima-se que milhões de moinhos tenham sido construídos em pouco mais de um século. Desde 1840, mais de 100 modelos em madeira, chapa de metal, ferro fundido, baquelite, parede, elétrico. Levando em conta os diversos tamanhos e variações, mais de 900 moinhos foram construídos pela Peugeot Frères. Esse moinhos, fabricados ainda hoje e exportados no mundo inteiro, são sempre uma referência de longevidade e precisão dos mecanismos.

 

Ferramentas: em 1810 a PEUGEOT produziu suas primeiras ferramentas, com base em aço laminado de alta qualidade: a lâmina de serra. A gama foi ampliada ano a ano, integrando laminadas, ferramentas forjadas, de corte e agrícolas. Em seguida, vieram as ferramentas mecânicas e elétricas. A caixa de ferramentas que data do final do século XIX exposta em Milão é um exemplo do know-how e da gama diversificada produzida pela Peugeot Fréres.

 

Moto P 102B: lançada em 1927, foi o último modelo produzido pela PEUGEOT com acionamento por correia. Características técnicas: motor monocilíndrico de dois tempos, 170 CV, caixa de câmbios de duas velocidades, velocidade máxima de 55 km/h.

 

Peugimix 1955: produzido no departamento de cozinha da fábrica de Audincourt, esse processador de alimentos foi constantemente melhorado no decorrer dos anos e os três modelos produzidos permitiram moer, misturar, ralar, picar ou pressionar alimentos para muitas preparações culinárias.

 

Aviação: a PEUGEOT se interessou cedo pelo ramo da aviação. Em 1905, o primeiro motor 2 cilindros V14 CV foi desenvolvido para impulsionar o dirigível nº14 de Santos Dumont. Quatro anos depois, em novembro de 1909, a Peugeot Frères se comprometeu com a fabricação e venda de motores para uso aeronáutico e constituiu a “Sociedade de Construções Aéreas Rossel-Peugeot”, com a empresa “Automobiles Rossel”, de Sochaux. Essa empresa desenvolveu de maneira notável os 50 CV do motor radial 7 cilindros, instalados em um avião Bleriot. A Primeira Guerra Mundial pôs fim a companhia e a PEUGEOT, sozinha, desenvolveu um 5.6l 200 CV V8, posteriormente instalado no avião Voisin. A pesquisa foi realizada em motores V12 e V16 de 550 a 600 CV, mas a crise de 1929 obrigou a Marca a encerrar essa aventura.

 

PEUGEOT DESIGN LAB

 

Com um know-how adquirido em mais de 200 anos de criação industrial e mais de 120 anos de criação automotiva, a PEUGEOT lançou em Paris, em junho de 2012, o PEUGEOT DESIGN LAB, um estúdio de design voltado para clientes externos, fora da área automotiva.

 

Trata-se de um estúdio de Global Brand Design cujo objetivo é desenvolver estratégias de marca fortes e coerentes para seus clientes. Sua principal missão é a concepção de produtos, serviços e experiências em todos os setores de atividades.