• Notícias
  • >
  • > PSA Peugeot Citroën é recompensada pelo 8º ano consecutivo no Prêmio Internacional do Motor do Ano 2014

Notícias

Anterior Seguinte
Informações | 01 07 2014
PSA Peugeot Citroën é recompensada pelo 8º ano consecutivo no Prêmio Internacional do Motor do Ano 2014

Pelo 8º ano consecutivo, a PSA Peugeot Citroën foi reconhecida com o prêmio International Engine of the Year na categoria de motores com cilindrada de 1,4l a 1,8l. Desenvolvido juntamente com o BMW Group, o premiado motor a gasolina 1.6 litro Turbo com Injeção Direta já é comercializado no Brasil pela Peugeot nos modelos 308 THP, 408 THP, 508, 308 CC e RCZ.

 

Pertencente à família de motores Prince, o motor oferece as versões de 155 cv e 200 cv e, mais recentemente, a versão de 270 cv. O diferencial deste propulsor está no uso de tecnologias de ponta, como a injeção direta na versão turbo, comando variável de válvulas, bomba de óleo com vazão automática e bomba de água que pode ser desligada, que proporcionam uma redução de consumo e de emissões de cerca de 10% em comparação com a geração anterior. Essas melhorias seguem a tendência internacional de downsizing de motores, que graças à implementação em modelos vendidos no País, são acessíveis ao consumidor brasileiro.

 

Durante a premiação, o Diretor de sistemas de tração e chassis da PSA Peugeot Citroën, Christian Chapelle, afirmou que o primeiro lugar na categoria reflete os grandes avanços conquistados pela empresa no segmento, ‘Esta recompensa é um belo reconhecimento dos progressos tecnológicos de P&D obtidos pela PSA Peugeot Citroën na área de motorizações a gasolina produzidas na França. Ela vem confirmar as qualidades deste motor 1.6l, principalmente a versão de 200 cv desenvolvida em parceria com a BMW, que é particularmente eficiente em termos de conforto de condução e de consumo’.

 

A 16ª sexta edição do Prêmio Internacional do Motor do Ano aconteceu no último dia 25 de junho, durante a Engine Expo 2014, em Stuttgart (Alemanha). O prêmio é oferecido anualmente pela revista britânica especializada Engine Technology International  e este ano contou com um júri formado por 82 jornalistas automotivos de 35 países.